Thomas S. Monson é o Profeta Mórmon. Ele frequentemente fala sobre como os Mórmons podem gozar todas as bênçãos de Deus através da obediência aos mandamentos. A Bíblia nos promete que a obediência traz as bênçãos. O Dizimo é um dos mandamentos que muitos cristãos ignoram ou não o seguem da maneira apropriada, privando-se de poderosas bênçãos, tanto de Deus a aquelas que podem aprender através do sacrifício.

Os Mórmons não passam a sacolinha do dizimo, por isso os visitantes não são obrigados a fazer doações. Entretanto, eles pagam seus dízimos. Eles o pagam através de um envelope que geralmente se encontra em um recipiente fixado na parede dos corredores da capela. Eles preenchem um pequeno formulário que tem o objetivo de identificar quem faz a oferta e depois o entregam ao bispo ou a um dos seus assistentes. Nenhuma outra pessoa além dos lideres envolvidos sabe quem pagou ou não pagou.

Por que os Mórmons estão dispostos a doar dez por cento de sua renda enquanto a média das doações Cristas é somente quatro por cento?

“Todos nós somos capazes de pagar o dizimo. Na realidade, nenhum de nós pode não ser capaz de fazê-lo. O Senhor ira fortalecer sua determinação. Ele ira preparar um caminho para que o faça.

Permita-me compartilhar com vocês uma carta que recebi a alguns meses atrás que nos fornece um exemplo. A carta começa:

‘Nós moramos no fim de uma pequena cidade, e nossos vizinhos usam nosso pasto para os seus rebanhos e como forma de pagamento recebemos toda a carne que desejamos. Toda vez que recebemos uma nova entrega de carne, temos ainda um pouco da entrega anterior; e já que frequentamos uma ala de estudantes, levamos essa carne para doar a aqueles que podem fazer um bom uso dela.

Durante o tempo que minha esposa servia na Presidência da Sociedade de Socorro, a secretaria era esposa de um estudante – e mãe de oito crianças. Seu marido, Jack, havia apenas sido chamado como bispo da ala.

Minha esposa sempre orava para saber quais dos estudantes havia necessidade de receber nossa oferta de carne Quando ela me disse que sentia que deveria dá-la a Jack e sua família, eu fiquei muito preocupado que isso poderia ofendê-los. Assim como ela. Ficamos preocupados porque era uma família muito independente.

Alguns dias depois, minha esposa disse que ainda sentia que deveria levar a carne para eles, e mesmo relutante concordei um prosseguir com esse plano. Quando fomos entregar a carne, as mãos de minha esposa literalmente tremiam, e eu estava muito nervoso. As crianças abriram a porta, e quando elas ouviram o porquê de estarmos ali, começaram a dançar ao nosso redor. Os pais estavam um pouco relutantes, mas agradecidos. Quando fomos embora, minha esposa e eu estávamos ambos aliviados e felizes que eles haviam aceitado nosso presente.

Alguns meses depois nosso amigo Jack levantou-se em uma reunião de testemunhos e relatou o seguinte. Ele disse que por toda a sua vida foi muito difícil pagar o dizimo. Com uma família tão grande, eles usavam todo o dinheiro que tinham apenas para sobreviver. Quando se tornou bispo da ala, ele viu que todos pagavam seus dízimos e sentiu que também deveria fazê-lo. Ele o fez por uns dois meses, e tudo estava bem. Então em um mês ele teve um problema. No seu trabalho, ao terminar um projeto só receberia por ele alguns meses mais tarde. Ele não podia ver como sua família passaria com ainda menos dinheiro. Ele e sua esposa decidiram compartilhar o problema com seus filhos. Se eles pagassem o dizimo provavelmente ficariam sem comida no vigésimo dia do mês. Se não pagasse o dizimo teriam comida suficiente ate o próximo pagamento. Jack disse que queria comprar a comida, mas as crianças disseram que queriam pagar o dizimo – então Jack pagou o dizimo, e todos oraram.

Alguns dias depois de haverem pagado o dizimo, nós aparecemos com nosso pacote de carne. Com a carne, adicionada com o que eles já tinham, eles não ficariam sem comida até o próximo pagamento. ’

Existem tantas coisas que podemos aprender aqui – por exemplo, sempre escute sua esposa – mas para mim a mais importante é que as orações das pessoas são sempre respondidas pelas ações de outras.”

(Monson, Thomas S. “Be Thou an Example”. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Outubro de 1996.).

O dizimo foi estabelecido nos tempos antigos para nos ajudar a pagar as despesas da igreja de Deus e para trazer as bênçãos a aqueles que estão dispostos a fazer sacrifícios.

Os dízimos são mencionados pela primeira vez em Genesis, demonstrando que no principio da historia da terra ele já era praticado. Em Genesis 14, Abraão paga seus dízimos. Em Genesis 28, Jacó também paga seus dízimos.

E essa é a definição de dizimo. O dizimo é um décimo. Talvez a explicação mais bem conhecida desse mandamento venha de Malaquias, no Velho Testamento:

Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes. (Malaquias 3:10)

Os Mórmons acreditam que o dizimo é dez por cento se toda sua renda. Deus nos deu tudo o que possuímos e pede que devolvemos a Ele somente dez por cento para a Sua obra. Os Mórmons consideram isso justo e mesmo generoso. Sem Deus, não teríamos nada.

Mesmo que esse dinheiro pertença a Deus, Ele nos promete bênçãos a aqueles que estão dispostos a pagar o dízimo. Malaquias disse que iríamos receber tantas bênçãos que não teríamos espaço para recebê-las. Algumas pessoas não compreendem essa escritura e acho que Deus vai fazer-lhes enriquecer ao retornar a doação com juros, por exemplo. No entanto, a escritura não menciona dinheiro. Existem muitos tipos de bênçãos e as bênçãos não monetárias costumam serem mais valiosas no plano eterno das coisas. Uma pessoa que paga o dízimo pode ser abençoada com boa saúde, com uma vida familiar feliz, com um emprego estável, ou simplesmente com as alegrias que provêm da vida eterna. Uma pessoa que paga o dízimo vai descobrir que tem o suficiente, talvez não tudo o que deseja, mas o suficiente. Uma razão para isto é:

“Eu tenho um testemunho – e sei que o testemunho que tenho é verdadeiro – que os homens e mulheres que tem sido absolutamente honestos com Deus, que tem pagado seus dízimos,… Deus os tem abençoado com a sabedoria para serem capazes de utilizar os noventa por cento restantes, e isso é de grande valor para eles, e eles tem obtido mais com somente aquilo do que teriam obtido se não tivessem sido honestos com o Senhor.” (Heber J. Grant in Conference Report, Abril de 1912, p. 30).

O dizimo deve ser pago com prazer e alegria a ser visto como um privilégio, não um fardo.

O dizimo é utilizado em uma ampla gama de áreas. A Igreja Mórmon é uma igreja comporta por leigos, por isso os bispos (ministros) e outros que servem não recebem pagamento por seus serviços. Entretanto, dirigir uma organização requer recursos. Prédios devem ser construídos, mobiliados e mantidos. Eles são aquecidos, refrigerados, possuem agua e ai por diante. Quase todos os chamados Mórmons são realizados por voluntários. Eles são instruídos a não gastar seu próprio dinheiro ao servir, desse modo os materiais e outros gastos devem ser reembolsados. Uma professora do berçário, por exemplo, ira precisar de um manual de lições, o qual é fornecido, e talvez ela precise de giz de cera, papel e outros materiais para fazer as lições mais interessantes. Estes materiais são fornecidos ao professor pela Primaria. Com a exceção de alguns eventos sociais, como acampamentos, todas as outras atividades são oferecidas sem nenhum custo, assim materiais são também necessários para financiar as atividades oficiais, incluindo bailes, festas, projetos de serviço e passeios para os jovens.

Uma biblioteca é mantida na maioria dos edifícios da igreja com equipamento áudio visual, escrituras, materiais de referencia, materiais de escritório (que são frequentemente usados por professores e lideres) assim como fotocópias.

O dizimo e outras ofertas são também usadas para apoiar os esforços humanitários. A Caridade SUD prove trabalho humanitário ao redor do mundo para comunidades e indivíduos a despeito de sua religião. Esses esforços incluem vacinações, agua potável, cuidado neonatal, cadeiras de rodas e resposta a emergências. As congregações proveem alimento, materiais e outras necessidades temporárias para os membros da igreja que se encontra em situações inesperadas.

O dizimo também ajuda na construção e operação dos Templos Mórmons. Porque os Mórmons acreditam que esses edifícios são templos para o Senhor, eles o constroem usando os melhores materiais possíveis para demonstrar seu amor ao Salvador – assim como você procuraria somente o melhor para dar a alguém que ama. Usamos os melhores materiais que podemos encontrar para torna-lo tão belo e perfeito quanto possível. Os Mórmons amam a Jesus Cristo, por isso eles constroem a Ele o melhor que podem fazer. Dentro dos templos, eles estão dando ao Salvador outro presente. O site oficial da Igreja explica:

“Os templos são literalmente a casa do Senhor. Eles são lugares de adoração sagrados onde indivíduos fazem convênios sagrados com Deus. Fazer convênios com Deus é uma solene responsabilidade, por isso os indivíduos devem se preparar e serem membros da igreja por pelo menos um ano antes de poderem entrar nele para receberem suas investiduras ou serem selados pela eternidade. Através da historia, o Senhor ordenou Seu povo que construísse templos. A Igreja esta trabalhado para construir templos ao redor do mundo para fazer com que essas bênçãos estejam disponíveis para um grande numero de filhos do Pai Celestial.” (Temples, LDS.org)

Os Mórmons também possuem um programa de educação formal, que é pago, todo ou em parte, em função do programa de dízimo. Diversas universidades oferecem empréstimos aos estudantes com taxas bem menores que a maioria das universidades privadas por causa do dízimo. Em todo o mundo, Institutos da Religião são voltados para estudantes universitários. Estes programas permitem que os estudantes universitários incluam um alto nível de formação religiosa em sua formação universitária secular, mesmo se eles não podem frequentar uma escola Mórmon. Ao nível do ensino médio, os adolescentes frequentam um programa diário de Seminários antes do horário escolar, estudando as escrituras de uma forma mais aprofundada do que é possível dentro dos quarenta minutos da Escola Dominical. Ao longo de quatro anos do ensino médio, eles estudam a cada ano, um livro de escrituras que correspondem ao Antigo e Novo Testamento, o Livro de Mórmon e Doutrina e Convênios/História da Igreja.

Existem muitos programas que se utilizam dos recursos do dizimo. Os Mórmons veem o dizimo como uma forma de demonstrar gratidão a Deus pelos dons que tem sido dado a eles e como uma forma de contribuir com os programas da Igreja que tanto enriquecem suas vidas. Eles são felizes em participar da construção do Reino de Deus.

Copyright © 2019 Thomas S. Monson. Todos os direitos reservados.
Esta página web não pertence nem é afiliada a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (algumas vezes também chamada de Igreja Mórmon ou Igreja SUD). Os pontos de vista expressos pelos usuários são de responsabilidade dos mesmos e não representam necessariamente a posição da Igreja. Para acessar os sites oficiais da Igreja visite: LDS.org ou Mormon.org.

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!