Em 2 de novembro de 2011, Thomas S. Monson falou aos estudantes da Universidade Brigham Young. Thomas Monson é o presidente de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e também é o seu profeta. Os membros desta igreja são muitas vezes referidos como os Mórmons, um apelido aceitável para o povo, mas não para a religião.

Presidente Monson aconselhou seus ouvintes, que encheu o Centro Marriot no campus, a se tornarem exemplo dos fiéis, como aconselhado pelo apóstolo Paulo na Bíblia:

Ninguém despreze a tua mocidade, mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, na caridade, no espírito, na fé, na pureza (1 Timóteo 4:12).

Paulo também nos exortou a ser uma luz para o mundo. Presidente Monson definiu luz como algo que ilumina. Quando somos exemplos de retidão, iluminamos um mundo escurecido.

A cada pessoa é dada a luz de Cristo, que nos ajuda a discernir a verdade quando a ouvimos. Moroni, um profeta cujos escritos são encontrados no Livro de Mórmon, ensinou uma verdade similar:

“Pois eis que o Espírito de Cristo é dado a cada homem, para que possam distinguir o bem do mal; portanto vos mostro o modo de julgar, pois tudo o que impele a fazer o bem, e persuade a crer em Cristo, é enviado pelo poder e dom de Cristo; por conseguinte podeis saber, com conhecimento perfeito, que é de Deus “(Moroni 7:19).

O Presidente Monson disse que muitas pessoas tem deixado as influências externas diminuirem suas luzes até que estejam quase apagadas, devemos ter o cuidado de não deixar isso acontecer. Temos a responsabilidade de manter nossa luz forte para que ela possa brilhar para os outros. Precisamos fortalecer nosso testemunho e reconhecer nossa confiança em Deus. Muitos pensam que eles não precisam de nada maior do que si mesmos.

Presidente Monson contou uma história de Clayton Christensen, um reconhecido professor em Harvard. Ele recebeu uma bolsa para a Oxford depois de deixar a Universidade Brigham Young. Ele percebeu que seria difícil viver o evangelho em Oxford, dadas as exigências de reuniões e atividades que a bolsa exigia. Ele tinha lido o Livro de Mórmon sete vezes, mas sentiu que não tinha recebido ainda uma resposta quanto a veracidade ou não do Livro de Mórmon. Ele sentiu que precisava saber se a igreja era verdadeira, a fim de permanecer forte na igreja durante este tempo. Anteriormente, ele só tinha lido o Livro de Mórmon quando foi designado fazê-lo, e seu objetivo tinha sido apenas o de completar a tarefa. Ele decidiu que precisava de seu próprio testemunho, e não um baseado na fé de seus pais. Ele decidiu a ler o Livro de Mórmon todas as noites de onze para a meia-noite. Ele não sabia se poderia dar ao luxo de gastar uma hora inteira nisso, mas ele se empenhou em fazê-lo para si mesmo desta vez. Ele começou  prometendo a Deus que, se Deus lhe dissesse que isto era verdade, ele iria dedicar sua vida ao evangelho, e se não fosse verdade, ele dedicaria sua vida para encontrar o que fosse verdadeiro. Noite após noite ele leu e orou. Quando ele terminou 2 Néfi, ele recebeu um testemunho pessoal do Livro de Mórmon. Ele continuou a leitura cada noite, e cada vez o Espírito lhe confirmava a veracidade do livro.

Para ser uma luz para os outros, primeiro temos que fortalecer nosso próprio testemunho, ou ganhá-lo, como Clayton Christiansen fez. Então podemos compartilhar isso com outras pessoas. Aqueles que são bons exemplos são testemunhas dos ensinamentos de Cristo através de suas próprias ações e podem ter um impacto poderoso na vida e na fé dos outros. Thomas S. Monson aconselhou os alunos a sempre serem conhecidos como seguidores de Cristo, não tenham medo de partilhar suas crenças e sempre mostrando aos outros como um seguidor de Cristo vive.

Citando o filme Lion King, ele disse, “Olhe para dentro de si mesmo. Você é mais do que você se tornou. Lembre-se de quem você é. ”

 

Copyright © 2019 Thomas S. Monson. Todos os direitos reservados.
Esta página web não pertence nem é afiliada a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (algumas vezes também chamada de Igreja Mórmon ou Igreja SUD). Os pontos de vista expressos pelos usuários são de responsabilidade dos mesmos e não representam necessariamente a posição da Igreja. Para acessar os sites oficiais da Igreja visite: LDS.org ou Mormon.org.

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!