O Fórum de Pesquisas Pew sobre Religião e Vida Pública acabou de lançar um relatório de 125 páginas resultado de uma extensa pesquisa a respeito dos mórmons. Mórmon é o apelido usado por algumas pessoas para se referir aos membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Este estudo é o primeiro a ser feito por uma organização não ligada a Igreja que foca a vida religiosa cotidiana dos mórmons. A pesquisa envolveu mais de 1.100 Mórmons de diferentes níveis de testemunho e atividade.

O nome do relatório demonstra os resultados básicos do estudo: Os mórmons nos Estados Unidos: Seguros de suas Crenças,Iinseguros sobre seu lugar na sociedade”, os Mórmons do estudo demostraram alguma preocupação sobre a forma como eles são vistos. Eles não desejar ser como todos os outros, mas desejam que suas crenças sejam tratadas com dignidade e respeito.

Como o título sugere, muitos mórmons não tem certeza de sua aceitação na sociedade. Metade acredita que os cristãos evangélicos são geralmente hostis a eles. 54% acreditam que as reportagens feitas pela mídia eram permeadas de preconceitos e 62% acreditam que os americanos não sabem muito sobre eles. Embora dois terços dos Mórmons não acreditem que a maioria dos americanos os vê como parte da cultura tradicional, 63% sentem que o seu nível de aceitação está melhorando.

A outra parte do título do estudo revela que os mórmons possuem um testemunho muito forte de suas crenças. 97% dos Mórmons descreve sua religião como uma religião cristã. 74% foram educados na fé mórmon e 65% possuem uma recomendação valida para o templo. Esta ultima estatística é importante porque uma recomendação valida para o templo significa que o membro pertence à igreja por, pelo menos, um ano e possui um forte testemunho de várias doutrinas fundamentais. Além disso, eles têm que ter um estilo de vida permeado pela moralidade e espiritualidade. Como resultado, é um indicador do compromisso de uma pessoa com sua religião.

O jornal Deseret News, fez um resumo do longo relatório e disse:

“Em termos de crenças e práticas religiosas, a pesquisa deixa claro que os mórmons são altamente religiosos – de novo, nada que não esperávamos. 82 por cento dizem que a religião é muito importante em suas vidas, e 77 por cento dizem acreditar sinceramente em todos os ensinamentos da Igreja. 83 por cento dizem que oram todos os dias, 79 por cento dizem que doam dez por cento de seus ganhos para a igreja na forma de dízimos e 77 por cento afirmam que vão à igreja pelo menos uma vez por semana. De acordo com a Pew, ‘os mórmons apresentam os maiores níveis de compromisso religioso em comparação com outros grupos religiosos, incluindo os protestantes evangélicos brancos’”.

“Olhando para o núcleo das crenças essenciais, 98 por cento dizem acreditar na ressurreição de Jesus Cristo, 94 por cento acreditam que o presidente da igreja mórmon é um profeta de Deus, 95 por cento acreditam que as famílias podem ser unidas eternamente pelas cerimônias do templo, 94 por cento acreditam que Deus o Pai e Jesus Cristo são seres separados e que possuem um corpo físico e 91 por cento acreditam que o Livro de Mórmon foi escrito por profetas antigos”.

“Claramente, os mórmons são fiéis” (Veja ‘Os Mórmons na América” O Forum de Pesquisas ​​Pew explora as crenças e atitudes dos membros da Igreja SUD, Joseph Walker, Deseret News; Publicação:. Quarta-feira, 11 de janeiro de 2012).

Apesar de enfrentar as provações normais da vida, 87 por cento dos mórmons dizem que estão satisfeitos com ela, um numero consideravelmente maior que a do público em geral. No entanto, eles também sentem uma grande responsabilidade em ajudar os outros a ter uma vida melhor. 73 por cento disse que ajudar os pobres é um elemento essencial do mormonismo.

O estudo, e estudos anteriores da Pew em que os Mórmons foram classificados em relação a outras religiões, demonstram que os mórmons estão fazendo algo certo. A religião cria um alto nível de fé e moralidade. Os mórmons são conhecidos por seu compromisso com uma vida mais saudável, uma vida cheia de princípios morais e por encontrarem felicidade nisso. Em um mundo que afirma não podemos desfrutar da vida sem sermos imorais, os mórmons estão provando que a moralidade é gratificante e conduz a verdadeira felicidade.

Copyright © 2018 Thomas S. Monson. Todos os direitos reservados.
Esta página web não pertence nem é afiliada a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (algumas vezes também chamada de Igreja Mórmon ou Igreja SUD). Os pontos de vista expressos pelos usuários são de responsabilidade dos mesmos e não representam necessariamente a posição da Igreja. Para acessar os sites oficiais da Igreja visite: LDS.org ou Mormon.org.

Pin It on Pinterest

Share This

Share This

Share this post with your friends!